No Dia Internacional da Mulher, Ana Paula Xongani fala sobre o poder transformador da moda&estilo

Youtubers transformam experiências de vida em inspiração para outras mulheres
Em seus vídeos, elas contam histórias de suas vidas, dão dicas e incentivam outras jovens

Por Giorgia Cavicchioli
De R7
Em 08/03/2017

Para o Dia Internacional da Mulher, comemorado nesta quarta-feira (8), a reportagem do R7 procurou alguns exemplos de mulheres que produzem vídeos no YouTube como uma forma de empoderar outras pessoas. Em geral, as YouTubers contam experiências de vida, dão dicas, falam sobre novidades e, principalmente, servem como incentivadoras.

A jovem de 29 anos é uma das sócias da empresa Xongani Moda Afro e afirma que começou o canal por conta do seu trabalho porque acredita que a moda pode trazer uma discussão social sobre o cotidiano e que trabalhar a autoestima e a beleza também é um ato político.

Em seu canal, Ana Paula fala sobre feminismo, beleza e autoestima negra. Nos vídeos, nos sentimos como se estivéssemos conversando com uma amiga.

— Venho de uma família de militantes. Cresci no meio da autoestima. Não passei pelo processo de conhecer minha negritude. Sempre soube, sempre pude ser e minha autoestima foi trabalhada pela minha mãe.

Segundo ela, o YouTube proporciona uma representatividade maior para as pessoas que buscam alguém parecido com elas e que fale coisas que fazem sentido em suas vidas. Ana Paula conta que fica emocionada ao ver como influencia adolescentes em seus pensamentos.

— É um sentimento de continuidade. Isso é estimulante. Ser uma referência me traz uma responsabilidade muito grande e mostra que o que você fala é realmente importante. É emocionante imaginar que você pode resignificar olhares. O objetivo é fazer do meu trabalho um assunto acessível e que possa fazer ligação do ativismo, buscando mudança.

Confira, aqui para conhecer, mais canais de mulheres que são uma inspiração.

Para conhecer o canal da Ana Paula Xongani, clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *